• Sei Bahia
  • Portal Serviços RH Bahia

Notícias

09/03/2018 16:03

Presidentes de federações esportivas conhecem edital do Programa Bolsa Esporte

Em fase final de construção, o edital do Programa Bolsa Esporte foi apresentado a presidentes de federações esportivas do estado em reunião realizada na manhã de quinta-feira, na Tribuna de Honra do Estádio de Pituaçu. O encontro foi organizado pela Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.

“Temos limitação orçamentária, mas foi feito todo um esforço por parte do governo do estado para garantir dotação para o Bolsa Esporte para este ano e também 2019. O edital será no valor de 1,2 milhão, sendo disponibilizados 600 mil agora em 2018 e mais 600 mil para o próximo ano”, informou o diretor geral da Sudesb, Elias Dourado, esclarecendo que o objetivo é ver a melhor forma de atender, levando em conta as limitações orçamentárias, às necessidades do conjunto das federações esportivas. “Ouvir esses dirigentes e aprimorar o edital é o princípio básico desta reunião”, complementou.

“Achei a iniciativa muito boa. A reunião serve não só para tirar dúvidas como nos preparar melhor para orientar os atletas de cada entidade na obtenção do benefício e principalmente debater qualquer tipo de alteração ou melhoria que o programa necessite. O Bolsa Esporte é uma iniciativa ímpar em nosso estado e vem beneficiar muitos atletas. Essa reunião serviu para, de forma coletiva e unida, fazer com que o programe funcione cada vez melhor”, avaliou Diego Albuquerque, presidente da Federação Baiana dos Desportos Aquáticos (FBDA).

O conteúdo do edital foi apresentado pelo coordenador de Esportes da Bahia, Júlio Pinheiro. A expectativa da Setre e da Sudesb é de lançamento do edital ainda neste mês de março.

Bolsa Esporte
– Por meio do programa, o governo do estado disponibiliza ao atleta um auxílio financeiro para treinamento e participação em competições regionais, nacionais e internacionais. As modalidades esportivas atendidas são todas aquelas reconhecidas pelos comitês Olímpico e Para-olímpico brasileiros.

O valor do benefício pode variar de R$ 2 mil a R$380,00 por mês, beneficiando atletas e paratletas baianos radicados no estado, desde a iniciação até o alto rendimento. O incentivo financeiro e técnico é concedido, mensalmente, pelo prazo de um ano e renovável por igual período.


Ascom Sudesb
07.03.2018
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.