• Banner Revista
  • censo Bahia
  • Portal Serviços RH Bahia
  • protocolo
  • Banner gráfico em azul e branco, com informações sobre novo número de whatsapp da Ouvidoria Geral do Estado

Notícias

30/11/2022 08:11

Bahia pode voltar a sediar prova da Stock Car a partir de 2023

A competição mais veloz do automobilismo brasileiro pode voltar acontecer em Salvador já em 2023. Isso é o que pretende o presidente da Federação  de Automobilismo da Bahia (FAB), Miguel Jacob, que esteve nesta terça-feira (29), reunido para tratar do assunto com o diretor-geral da autarquia estadual do esporte, Vicente Neto, na sede da Superintendência dos Desportos da Bahia (Sudesb), vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

Segundo Miguel, a ideia de trazer a competição para a Bahia foi uma provocação que aconteceu no último Grande Prêmio de Formula 1, que aconteceu no dia 13 de novembro, em São Paulo. “Nos reunimos com  o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Giovanni Guerra,  e com um dos promotores da Stock Car, o empresário  Lincoln Oliveira. No encontro,  falei do interesse de Salvador voltar a sediar uma prova do circuito. A ideia foi bem aceita e agora eu tenho a missão de torná-la realidade juntamente com os nossos parceiros, a exemplo do Governo do Estado”, disse.

 “Recebemos com muito entusiasmo o interesse para que a Bahia possa ser sede, novamente, da Stock Car. Vou apresentar a proposta ao governador eleito, Jerônimo Rodrigues, para que a gente possa apoiar, juntamente com a Secretaria do Turismo e demais secretarias envolvidas, este grandioso evento, que é importante para o esporte, mas também para divulgação turística de nosso estado e ocupação da rede hoteleira e o turismo local”, disse Vicente Neto, diretor-geral da Sudesb.

Se for confirmada em 2023 a realização do GP Bahia Stock Car, esta será a sétima vez que a categoria mais veloz do Brasil e a que tem as melhores premiações acontece no Circuito Ayrton Senna, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Na última edição, a prova impulsionou o turismo e a economia do estado. Salvador recebeu um público de aproximadamente 45 mil torcedores, que aumentou em cerca de 20% a ocupação dos hotéis na capital. Diversos turistas de outros estados do país e também do interior do estado movimentaram a capital baiana durante os dias que antecederam a realização da prova. O que significou um aumento no movimento dos restaurantes, bares e outros setores de serviço da cidade.


Ascom Sudesb
Marcus Carneiro- DRT 3614
30/11/2022
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.