• Resultado preliminar bolsa esporte
  • Coronavírus
  • card CENSO ESPORTIVO
  • protocolo
  • Banner Fórum de Gestores Municipais da Agricultura - 06 de dezembro

Notícias

24/11/2021 16:11

Dobradinha baiana garante título inédito no Campeonato Brasileiro de mountain bike XCM

Na disputa pelo título da elite, o baiano Ulan Galinski conquistou, no último domingo, 21, o Campeonato Brasileiro de Maratona - XCM, numa dobradinha inédita com o também baiano kenedy Lago, que ficou com o segundo lugar. A prova aconteceu em Juiz de Fora, Minas Gerais, e reuniu os melhores ciclistas do país. Essa foi a primeira vez que dois atletas da região Nordeste chegaram às primeiras colocações nesta categoria.

Na manhã desta quarta-feira (24), a diretoria da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego e Esporte (Setre) recebeu a visita dos atletas e do presidente da Federação Baiana de Ciclismo (FBC), Orlando Schmidt.

“A Bahia se orgulha muito dessa conquista. Isso só evidencia que essa parceria da Sudesb e Setre com a FBC, para a realização de provas de ciclismo pela Bahia, além do apoio financeiro aos atletas por meio do Bolsa Esporte e FazAtleta, vem surtindo efeitos positivos”, disse o diretor-geral da Sudesb, Vicente Neto, que mesmo estando oficialmente de férias fez questão também de receber os campeões, ao lado de Diogo Rios, chefe de Gabinete e que neste momento responde  interinamente pela direção-geral.   

Com apenas 23 anos, Ulan nasceu no Vale do Capão, distrito de Palmeiras, cidade que fica no coração da Chapada da Diamantina, e é um dos atletas mais promissores do ciclismo brasileiro. Com a conquista, ele poderá usar a bandeira do país na camisa em todas as provas oficiais em 2022 de forma exclusiva. “Para nós, ciclistas profissionais, isso tem um valor simbólico muito importante. Sobre a prova, eu acreditei lá no início, quando eu nem era o melhor atleta do meu estado, transformei essa crença em atitude, trabalho, disciplina e consegui concretizar meu sonho de criança. Estou muito feliz”, disse Ulan.

Modalidade na Bahia – Em 2019, antes da pandemia da covid-19, o estado havia apoiado 20 eventos em parceria com a FBC. Com a retomada das competições esportivas pelo estado, em 2021, esse número já chega a seis eventos – ainda para acontecer o Suba Forte (Praia do Forte), 27 e 28/11, e Corrida Ecológica (Brumado – Rio de Contas), dias 04 e 05 de dezembro.

Para Orlando Schmidt, graças à parceria com a Sudesb, a Bahia tem realizado dezenas de competições pelo estado. A ideia é que tenhamos mais ciclistas sendo revelados.  “Com essa agenda intensa, a gente consegue incentivar a nossa base, porque no futuro ela será a nossa elite. O atleta Kenedy, por exemplo, disputa praticamente quase todas as nossas provas. Para vocês terem uma ideia, em Castro Alves fizemos uma competição com 2,5m de altimetria, o que garante provas fortes a fim de preparar nossos atletas para competições nacionais”, disse.

Paris 2024 – Ulan está se preparando, agora, para o próximo ciclo olímpico, que já começa em março do ano quem vem com a prova Taça Brasil. “Meu objetivo é a minha participação nos Jogos Olímpicos de Paris, na França. Vou treinar para conseguir representar bem a Bahia e o Brasil”, revelou. Caso Ulan consiga a vaga, ele será o primeiro ciclista da região Nordeste numa Olimpíada na categoria de ciclismo maratona.

Ascom Sudesb
Marcus Carneiro – DRT 3614
24.11.2021
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.