• Liga de Gestores
  • Novas sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Sei Bahia

Arena Fonte Nova

Arena Fonte Nova - FotoRaul GolinelliGOVBAA Arena Fonte Nova foi inaugurada em 7 de abril de 2013. A estrutura antiga (Estádio Octávio Mangabeira) foi implodida em agosto de 2010 para, dois anos depois, ceder lugar a um moderno, confortável e seguro equipamento, num investimento da ordem de R$690 milhões.

A construção e operação da Arena Fonte Nova são feitas por meio de Parceria Público Privada (PPP) firmada pelo Governo do Estado/Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e a Fonte Nova Negócios e Participações (empresa formada pelo consórcio Odebrecht e OAS). O projeto arquitetônico é dos arquitetos Marc Duwe (paulista) e Claas Schulitz (alemão).

O equipamento está instalado no centro da cidade de Salvador, sendo o primeiro do estado com característica multiuso: futebol, espaço para lazer e entretenimento num mesmo local.

Características da Arena Fonte Nova:

• 10 níveis de altura, com capacidade para receber 50 mil pessoas em assentos cobertos, distribuídos em três anéis de arquibancada.
• 70 camarotes com capacidade total de 1.250 pessoas;
• 94 sanitários, sendo 23 para deficientes;
• 9 elevadores;
• 40 quiosques de alimentação;
• Mais de 2 mil vagas de estacionamento;
• Mais de 2 mil assentos premium.
• Acessibilidade: 358 cadeiras para espectadores com mobilidade reduzida; 66 vagas exclusivas para cadeirantes; 60 cadeiras para obesos; 16 assentos para deficientes visuais; 500 assentos para acompanhantes.

Copa do Mundo 2014

Palco de seis jogos durante a Copa do Mundo Fifa Brasil 2014, a Arena Fonte Nova foi eleita como o melhor estádio do mundial pelos torcedores, conquistando uma média de 9,7 pontos (pesquisa feita pelo site UOL). A arena baiana destacou-se em mobilidade, segurança, alimentação, voluntariado, telefonia e limpeza. Em 2013, o estádio já havido sido escolhido como o melhor na Copa das Confederações.

Para “carimbar” de vez a sua importância na Copa de 2014, o estádio foi responsável por alguns dos momentos de maior brilho do mundial, colocando a Bahia em posição destacada pelos 24 gols marcados nos seis jogos sediados pela Arena: Holanda 5 a 1 Espanha; Alemanha 4 a 1 Portugal; França 5 a 2 Suíça; Bósnia 3 a 1 Irã; e Bélgica 2 a 1 EUA.

Em 2016, a Arena Fonte Nova volta a ser palco de evento mundial do futebol, sediando 10 jogos de futebol masculino e feminino dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

História – O novo projeto da Arena Fonte Nova substitui o Estádio Octávio Mangabeira, construído a partir de projeto do arquiteto Diógenes Rebouças no final dos anos 40 início dos anos 50. Em 1971, o estádio passou por reformulação e obras de ampliação, ganhando o segundo anel.

Para obter mais informações sobre o Projeto Nova Fonte Nova clique aqui.
Recomendar esta página via e-mail: