• Liga de Gestores
  • Novas sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Sei Bahia

Estádio Roberto Santos (Pituaçu)

Estádio Governador Roberto Santos - Pituaçu. Foto Carol GarciaConstruído pelo Governo do Estado, o Estádio Metropolitano Governador Roberto Santos, ou Estádio de Pituaçu, foi inaugurado em 1979, com capacidade para 13 mil torcedores. Em 2009, o local passou por uma ampla reforma e foi reinaugurado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb). Com capacidade para 32.157 torcedores, hoje Pituaçu sedia jogos dos campeonatos baiano e brasileiro, além de competições internacionais, eventos religiosos e shows.

Vale destacar que a reforma o deixou como um dos estádios mais modernos do país e que ele obedece aos padrões internacionais estabelecidos pela Federação Internacional de Futebol (Fifa). Essas características permitiram que ele recebesse a partida das eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, Brasil e Chile, que foi realizada em setembro de 2009. Em 2013, a praça esportiva serviu como campo oficial de treinamento para a Seleção Brasileira e para a Nigéria na Copa das Confederações. Em 2014, antes da Copa do Mundo de Futebol da Fifa, as seleções da Croácia e Austrália realizaram um jogo amistoso. Já durante o maior evento mundial de futebol, o local foi centro de treinamento para as seleções da Holanda e da Bósnia.


Características do estádio:

Campo oficial, com 105 x 68 metros, com dois espaços reservados para câmaras de linha de impedimento. O gramado conta com um moderno sistema de irrigação, totalmente informatizado, que controla a quantidade de água usada, evitando o desperdício e/ou o encharcamento do solo;
  • Um placar eletrônico;
  • Quatro vestiários;
  • Quatro salas de juízes;
  • Uma tribuna de honra;
  • Uma tribuna de imprensa;
  • 14 cabines de rádio e TV;
  • Nove sanitários masculinos;
  • Cinco sanitários femininos;
  • Oito sanitários para pessoas com deficiência;
  • Dez cantinas;
  • Dois postos médicos (não são usados em dias de jogos);
  • Um posto policial;
  • Uma brigada de incêndio para todos os eventos;
  • Duas bilheterias, com dez guinches cada;
  • Seis entradas;
  • Oito saídas com portões com sistema antipânico;
  • Monitoramento com circuito fechado de TV em todas as áreas do estádio; com 95 câmeras;
  • Arquibancada com revestimento de piso de alta resistência;
  • Estacionamento com 70 vagas;
  • Estacionamento com quatro vagas para ônibus.
Clique aqui e conheça as instalações, em um giro de 360º feito por Fábio Bouzas.

Pituaçu Solar
Pituaçu Solar Foto Manu Dias
O Estádio de Pituaçu foi o primeiro da América Latina a utilizar o sistema de iluminação solar, tendo gerado 1.489 MWh até o final de 2014, uma produção que garante a cobertura total de energia do estádio e que ainda atende, com a geração excedente, parte do consumo do prédio da SETRE, no Centro Administrativo da Bahia. O Projeto Pituaçu Solar, desde a sua partida, em abril de 2012, até o final de 2014, já representou uma economia para o estado superior a R$ 400 mil. Anteriormente, a conta média de energia do equipamento era de cerca de R$ 13 mil/mês. Hoje, o custo médio pago da conta de luz é de R$ 850/mês, referente a tributos, Contribuição de Iluminação Pública – CIP e ao custo de disponibilidade do sistema elétrico (valor mínimo cobrado para consumidores trifásicos, estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL). Por essa inovadora experiência, o Instituto para o Desenvolvimento da Energia Alternativa na América Latina (Ideal) certificou o Governo do Estado com o “Selo Solar”, em reconhecimento ao esforço pelo uso de fontes de energia limpa.

O sistema fez parte do Programa de Eficiência Energética da Coelba e teve apoio técnico da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ) e da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. O projeto, que custou mais de R$ 5,5 milhões, dos quais R$ 3,8 milhões aplicados pela Coelba e R$ 1,75 milhão pelo governo estadual foi executado pela Coelba. Na configuração do sistema de geração foram utilizados 2.302 módulos fotovoltaicos, 52 inversores, equipamento responsável por adequar a eletricidade gerada às características da rede elétrica, construídas três salas elétricas para os inversores e instalados sistema de medição e aquisição de dados elétricos e ambientais.

Mais informações, no site: http://www.coelba.com.br/Pages/pituacu.aspx

Dados técnicos do Projeto Pituaçu Solar, baixe aqui.

Pituaçu de Portões Abertos

Criado em 2009, o projeto “Pituaçu de Portões Abertos” visa motivar alunos das escolas públicas e particulares a conhecerem a praça esportiva, por meio de um tour pelas dependências do estádio. Durante a visita, os participantes conhecem a Tribuna de Honra, as cabines de imprensa, as salas de segurança, cabines de som, vestiários, posto médico, vestiários, entre outros pontos, finalizando o roteiro com uma volta olímpica em torno do campo. O projeto viabiliza, por turno, a visitação de até 200 alunos.

Para participar da ação, as escolas baianas devem fazer a solicitação do agendamento através do email eventos@sudesb.ba.gov.br ou pelo telefone 71 3103-0976. Os visitantes serão recebidos, conforme agendamento prévio, todas as terças-feiras, em dois horários: pela manhã, das 9 às 12 horas, e à tarde, das 14h30 às 17 horas.

Outras informações:

Acesse aqui a Instrução Normativa que estabelece critérios e procedimentos para a utilização do Estádio Governador Roberto Santos – Pituaçu, bem como as informações complementares:

Para cadastro para eventos, baixe aqui o formulário de solicitação:


Recomendar esta página via e-mail: